fbpx

Como Cuidar do Seu Piercing

Você sabe quais são os cuidados com o piercing que você deve ter? Objeto de desejo para muitos, os piercings são uma forma de intervenção corporal muito popular tanto no ocidente quanto no oriente.

No Brasil temos os indígenas que muito antes da chegada dos portugueses já usavam acessórios perfurados no corpo, as mulheres indianas, com suas joias complexas que ligam o nariz à orelha, são exemplos dessa cultura milenar em outras partes do mundo.

Entretanto, não se engane, se você nunca fez alguma modificação corporal do tipo, saiba que o piercing é uma perfuração da pele e exige uma série de cuidados para um resultado perfeito.

Confira nosso artigo e conheça as melhores dicas sobre a perfuração, escolha do local e cuidados com o piercing.

 

1. ESCOLHA UM ESTÚDIO ESPECIALIZADO

Primeiramente, saiba quem fará a perfuração.

Piercing é coisa séria, não realize esse tipo de procedimento com qualquer profissional, muito menos, fure-se sozinho. A perfuração da joia exige muito cuidado e responsabilidade por parte do body piercing – o profissional especializado em modificações corporais.

A escolha de um bom profissional fará toda a diferença para o resultado final, mas também será determinante em outros aspectos, como a precisão do furo e, até mesmo, a dor que você sentirá durante o procedimento.

Um estúdio especializado é sempre a melhor opção, pois, além de ser um espaço devidamente higienizado, é um lugar que conta com todas as ferramentas necessárias para a execução da perfuração de forma rápida, precisa e limpa.

Preze por lugares recomendados por conhecidos ou por estúdios que sejam reconhecidos pelo trabalho dos bodypiercing.

 

2. SAIBA ESCOLHER A JOIA IDEAL

Sempre use joias de aço cirúrgico ou ouro branco, pois são os materiais que oferecem menos riscos de infecções que podem retardar a cicatrização ou causar a rejeição da peça.

Se você tem dúvidas sobre qual joia escolher, pergunte ao profissional, ele saberá indicar qual o material mais adequado, evitando problemas futuros.

 

3. DEFINA ONDE FURAR

Existem infinitas possibilidades de lugares no corpo onde é possível fazer uma perfuração. Além dos já tradicionais piercings no nariz ou na boca, existem opções exóticas para aqueles que buscam intervenções diferenciadas.

Cada local perfurado também requer cuidados específicos, pois a cicatrização varia de lugar para lugar. Conheça as principais opções:

Piercing no nariz: trata-se do clássico piercing aplicado nas narinas. Pode ser uma joia redonda ou em formato de pino, com algum detalhe na ponta que fica exposta.

Piercing no septo: é perfurada a cartilagem do nariz. As joias aplicadas podem ser uma argola fechada ou em formato de ferradura.

Piercing na orelha: os piercing de orelha podem vir em vários formatos e lugares, além das argolinhas, os piercings transversais e em formato de ferradura também são muito populares. Toda a cartilagem pode ser perfurada, incluindo o trágus, o que torna a orelha um lugar versátil para quem deseja usar várias joias.

Piercing na boca: a perfuração dos lábios também oferece opções diferentes para quem deseja furá-los. Além das tradicionais argolinhas nos cantos da boca, a sensação do momento é a perfuração labret.

Piercing nos mamilos: os mamilos são regiões sensíveis, portanto pedem maior cuidado, mas estão super na moda e são um dos lugares mais estilosos para fazer a perfuração.

Piercing na genitália: essa opção é para os mais ousados. A perfuração é feita na região do pênis, no caso dos homens, e no clitóris, no caso das mulheres.

 

4. CUIDE DO SEU PIERCING

Cada lugar a ser perfurado exige cuidados específicos. Manter a higiene da área lesada garantirá que o seu piercing não infeccione, evitando a rejeição da joia e o surgimento das indesejadas queloides, que quase sempre são frutos de uma má higiene após a aplicação da joia.

É importante também estar atento às novas lesões, evite pancadas ou o abafamento da perfuração. A seguir listamos os principais cuidados que você deve tomar com o piercing. Acompanhe!

Piercing no nariz: use lenços umedecidos para limpar o local várias vezes ao dia, mas sem pressionar a ferida.

Piercing no septo: com um tempo de cicatrização relativamente longo, que pode durar de três a seis meses, o piercing no septo requer cuidados diários. O local deve ser lavado com frequência com água e sabão, com a ajuda de um cotonete, a fim de retirar a sujeira formada por pus e sangue, que pode ficar escrutada e atrapalhar a cicatrização.

Piercing na orelha: o tempo de cicatrização de uma perfuração na cartilagem é de dois a três meses, pedindo cuidado especial ao dormir e ao trocar de roupa para evitar que o local seja lesionado. Para limpar, embeba um cotonete molhado com sabão líquido e retire os resíduos da cicatrização. Gire a joia para que a solução limpe bem o buraco e evite que o piercing se cole à pele.

Piercing na boca: as perfurações na boca pedem dois tipos específicos de higienização. Deve-se limpar a parte de fora com um cotonete molhado embebido em sabão líquido para retirar a sujeira, e um bocejo com líquido bucal diluído para a limpeza interna da perfuração. O tempo de cicatrização dos piercings na boca é de, no mínimo, três meses.

Piercing nos mamilos: essa perfuração pede muita atenção em sua cicatrização. Além da limpeza com água e sabão líquido, é necessário muito cuidado para não lesionar a área ao trocar de roupa, dormir ou fazer exercício. Fure um lado de cada vez, para evitar problemas de cicatrização e infecções. A cicatrização pode demorar de quatro, no caso dos homens e, a até seis meses, no caso das mulheres

Piercing na genitália: sem dúvidas é o local que requer mais cuidados durante a cicatrização. Por se tratar de uma região que se suja facilmente e está sempre abafada, seu tempo de cicatrização é longo, chegando facilmente a até 1 ano. Lave com bastante água e sabão líquido, enxaguando com soro fisiológico no primeiro mês.

 

5. ENTENDA O QUE FAZER SE O LOCAL INFECCIONAR

A dor e o sangramento são normais na perfuração de um piercing e, por se tratar de uma ferida aberta em recuperação, é comum também o surgimento de infecções ou queloides. Se o seu piercing não cicatriza e continua dolorido mesmo após muito tempo da perfuração, pode estar acontecendo uma infecção.

Nesse caso, procure imediatamente o profissional responsável pelo procedimento. Ele poderá indicar algum cuidado especial para o seu piercing ou o encaminhará imediatamente para um médico.

O tratamento precoce das infecções pode garantir que você continue com o seu piercing, mas postergar o contato com o body piercing ou médico pode levar à perda da joia.

Os cuidados com o piercing são essenciais para garantir que a sua saúde não seja prejudicada. Apesar de deixar sua aparência mais descolada, é importante que você preze pelo seu bem-estar e tome todas as precauções sugeridas pelo profissional.

Novidades na Loja

R$239.00 6x de R$39.83 sem juros
R$177.60 6x de R$29.60 sem juros
R$164.50 6x de R$27.42 sem juros
R$156.90 6x de R$26.15 sem juros

Pergunte e Comente